Circuito Banco do Brasil BH

Quando eu tinha onze anos me apaixonei pela banda Panic! at the Disco. Fui a evento com a comunidade do orkut de fãs da banda gravar vídeo pedindo pra eles virem pro Brasil, fiz minha mãe comprar caixa de colecionador, cds, fuxicava toda vida do vocalista (e antes do twitter e facebook isso dava um trabalhão!) e essas coisas de fã.

Quando eles finalmente vieram pro Brasil, em 2009, foi para um festival em SP e justo nessa data eu estava competindo em Natal. Chorei horrores, mas superei e continuei esperando. Por isso, depois de oito anos de espera, vocês devem imaginar a minha alegria em finalmente poder assisti-los ao vivo, né?

euzinha

O Circuito Banco do Brasil acontece em 4 cidades: Belo Horizonte, Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro (nessa ordem mesmo).

Em Belo Horizonte, o dia começou com as eliminatórias da Copa Brasil de Street Skate na Esplada no Mineirão. BH foi o único lugar que teve essa modalidade, nos próximos dias do circuito a competição será de skate vertical.

1a

4a

5a

Foi bem legal a competição e fiquei até animada pra tentar! Os vencedores foram: Kelvin Hoefler (1º lugar), Rogério Lopes “Febem” (2º lugar) e Rodil Jr “Ferrugem” (3º lugar).

Depois da competição eles abriram a pista pra quem quisesse se inscrever e arriscar andar por ali, mas eu acabei ficando meio insegura e não fui. 😦

Quem abriu o palco dos shows foi a banda Stereophant, aqui do Rio. Eles foram os vencedores do concurso Voz Para Todos, que escolhia quatro bandas para tocar no CBB, uma para cada dia de show. Em seguida entrou a Nação Zumbi e a banda Titãs, com suas músicas engajadas bem-vindas nesse clima de eleições.

Mas eu só animei mesmo quando o Panic! entrou no palco ❤

3a

Eles abriram o show com Vegas Lights, música do seu álbum novo Too Weird to Live, Too Rare to Die!, e o Brendon arrasando com seu clássico blazer dourado! Para alegria dos fãs de longa data, seguiram com Time to Dance, de A Fever You Can’t Sweat Out. A setlist teve música dos quatro álbuns. O menos privilegiado foi o Pretty Odd, que só teve Nine in the Afternoon. Pra quem quiser a setlist toda, aqui vai:

SETLIST

Vegas Lights
Time to Dance
The Ballad of Mona Lisa
The Only Difference Between Martyrdom And Suicide Is Press Coverage (Panic e seu primeiro álbum cheio de músicas com nomes gigantes <3)
Let’s Kill Tonight
Girls/Girls/Boys (nessa hora o Brendon tirou a camisa em menção ao clipe da música)
Ready to Go
Nicotine
New Perspective
Casual Affair
Miss Jackson (com direito a mortal!)
Nine in the Afternoon
Cover de Bohemian Rhapsody do Queen (que fez o maior sucesso já que a maioria do público era fã do Linkin Park)
Lying is the Most Fun a Girl Can Have Without Taking Her Clothes Off
Collar Full
Nearly Witches
This is Gospel
e pra fechar I Write Sins Not Tragedies

Eles também tocaram o Positive Hardcore, famoso pelos vines do vocalista postados na quinta-feira #PositiveHardcoreThursday.

O baterista Spencer Smith foi substituído no festival, já que anda afastado da banda há um tempo cuidando de sua saúde.

Quem fechou a noite foi o Linkin Park, com um show excelente. Mas achei que a organização errou em botar P!ATD e Linkin Park no mesmo dia, a vibe não encaixou muito. Também tive alguns estresses com a falta de organização na entrada, o som na hora do show do Panic! estava bem baixo e as pessoas ficaram subindo nos banquinhos de papelão que foram distribuídos para o público. Falta bom senso, né? Mas num geral o festival valeu a pena, sim.

Qual dessas bandas vocês gostariam de assistir ao vivo?

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s