O que fazer no Canadá no inverno

Quando comento que visitei o Canadá no inverno, a primeira reação das pessoas costuma ser falar do frio. O que muitos não sabem, porém, é que as temperaturas em Vancouver costumam ser mais agradáveis que no resto do país!

Para aproveitar o inverno “de verdade” decidimos fazer passeios nas montanhas, onde pude ver neve e pegar temperaturas entre -1º e 4º graus. Para aproveitar essas atividades 100%, é preciso usar roupas adequadas. Se você for friorento como eu, usar uma camada de segunda pele por baixo da blusa e da calça, um suéter e um casaco grosso impermeável já é mais que o suficiente. 🙂 Acessórios também são bem-vindos: Luvas, cachecol, gorro ou aqueles earmuffs para esquentar as orelhas. Aqui vai uma dica extra: soro fisiológico vai ser o seu melhor amigo!

Mas não se assuste, essas recomendações são só para garantir que você fique confortável. Enquanto estamos nos movimentando, sentimos até calor!

SNOWBOARD

A primeira atividade de inverno que fiz foi andar de snowboard na Cypress Mountain. Eu nunca tinha andado e confesso que subestimei um pouco a dificuldade! Mas depois de alguns tombos já consegui controlar melhor a prancha e na segunda vez até subi no lift (o teleférico) para um ponto um pouco mais alto da montanha.

De fato, não é uma atividade barata. Ainda mais se for preciso alugar os equipamentos e contratar um instrutor. Mas, se você puder, vá! Foi uma das experiências mais incríveis da minha vida. Só de estar na montanha vendo a neve cair e as luzes da estação de ski já vale a pena. Uma dica para reduzir os gastos é comprar o ticket com antecedência e, se possível, ir durante a semana, à noite.

Estão vendo os anéis olímpicos lá embaixo entre os pinheiros? A Cypress Mountain foi uma das locações das Olimpíadas de Inverno em 2010.

SNOWSHOEING

Uma opção mais em conta para quem quer aproveitar as montanhas é o snowshoeing, uma caminhada na neve com sapatos especiais.

Caminhar entre os pinheiros nevados da Cypress Mountain já me parecia incrível, mas o trajeto ficou ainda mais mágico com as luzes penduradas. No percurso todo eu me senti em um sonho. E, para melhorar, no meio do caminho ainda tem uma parada estratégica para tomar chocolate quente! 🙂

Acho importante destacar aqui que para ficar mais quentinha usei botas impermeáveis. heheh

WHISTLER

Um passeio muito comum para quem vai à Vancouver é visitar Whistler, um vilarejo no alto da montanha. Durante o inverno a cidade vira um paraíso dos esportes de neve, com pessoas andando para lá e para cá carregando pranchas de snowboard e ski. Se seu objetivo não for esquiar, a cidade não oferece muita coisa além das lojas e restaurantes, mas é uma gracinha.

Confesso que esse foi um dos dias mais gelados, então tirei poucas fotos — e com o celular!

VALLEA LUMINA

Ainda em Whistler, pegamos um ônibus que nos leva até o meio de uma floresta. Esse percurso já faz parte do passeio e precisa ser comprado com antecedência.

Chegando no local, começamos uma trilha com toda uma história. Por uma noite, assumimos o papel de “patrulheiros” buscando um senhor e sua neta que desapareceram na floresta. No meio disso tem um tanto de magia envolvida, além de músicas e luzes lindas. Vale a pena assistir o vídeo aqui embaixo para entender melhor:

No final do percurso podemos nos aquecer com um chocolate quente e fazer s’mores na fogueira. ❤

Deu para ver que mesmo no frio é possível se divertir muito, né?

Qual dessas atividades vocês gostariam de fazer?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s